Sócios

Seja sócio do Clube de Ténis de Oliveira do Hospital, e conheça todas as vantagens associadas.

Clique aqui.

Área Reservada

Historial

O clube nasceu da paixão de alguns aficionados pela modalidade que decidiram organizar-se e fundarem o Clube de Ténis de Oliveira do Hospital (C.T.O.H.). Os primeiros passos do C.T.O.H. remontam à participação de um oliveirense numa Ação de Formação de Ténis, promovida pela Associação de Ténis de Coimbra, a 14 e 17 de Outubro de 1998, tendo esta manifestado, desde logo, interesse em desenvolver na nossa região a respetiva modalidade.

 

Consequentemente, com a colaboração da Escola Secundária de Oliveira do Hospital, e depois de alguns contactos, levou-se a efeito, no dia 5 de Maio de 2000, uma Ação de Formação e Sensibilização com vista à possibilidade de se reunir um conjunto de pessoas interessadas em criar um núcleo de trabalho para o desenvolvimento do Ténis em Oliveira do Hospital. Destacam-se aqui os professores Albano Dinis e Pedro Sousa que formaram a base em que assentaram as primeiras atividades de divulgação da modalidade, destacando-se aqui, todo um trabalho desenvolvido em parceria com a A.T.C., Câmara Municipal (C.M.O.H.), algumas Juntas de Freguesia do nosso Concelho e com as escolas Básicas de Oliveira do Hospital, Avô, Penalva de Alva, e Lagares da Beira, entre outras. O êxito destas iniciativas locais veio provar que este desporto tinha todas as potencialidades para se afirmar como uma atividade saudável para os jovens e adultos, quer como desporto federado, quer, fundamentalmente, como forma de ocupação de tempos livres e resposta à necessidade do desenvolvimento global do indivíduo.

 

O primeiro torneio oficial aprovado pela Federação Portuguesa de Ténis realizado no nosso concelho decorreu a 26 e 27 de Agosto de 2000, e foi denominado FICACOL 2000, tendo contado com a presença de 16 atletas federados. Este Torneio serviu para o encontro de mais amantes da modalidade e culminou com o traçar de objetivos mais concretos. Após vários encontros e algumas peripécias, o C.T.O.H. foi legalizado na data oficial de 7 de Outubro de 2000, com os estatutos aprovados em Diário da República. As efemérides do C.T.O.H. ficaram assim ligadas ao feriado municipal, reforçando ainda mais a ligação do clube ao concelho. Os primeiros órgãos sociais então eleitos em assembleia geral foram os seguintes: Presidente da Assembleia: Paulo Ferreira; Presidente da Direção: Albano Pinto Dinis; Presidente do Conselho Fiscal: José Miguel Silva.

 

O design do símbolo do C.T.O.H. é da autoria de Rui Miguel Tavares.

Da estabilidade legal para o efeito, partiu-se para a consolidação técnica, nomeadamente, a aposta na formação, quer na área de treinadores quer na área da arbitragem.

 

Atualmente a Direção do C.T.O.H. conta nas suas fileiras com vários elementos, nomeadamente:

Basílio Torres (Presidente da Assembleia Geral); Luís Marques (Presidente da Direção);

João Frade (Presidente do Conselho Fiscal); e Paulo Ferreira (Tesoureiro).

 

O corpo técnico do clube, constituído atualmente por Pedro Sousa, Luís Marques, Tiago Sousa e Diogo Brantuas, tem sob sua alçada escolas de jogadores que vão desde os mais jovens aos mais velhos, repartindo-se por diferente escalões, nomeadamente infantis, iniciados, juniores, seniores e veteranos de mais de 35, 45, 55 e 65 anos.

 

Toda esta prática desportiva é eclética, ou seja, todos os sócios podem ter uma prática que vai desde a aprendizagem ao aperfeiçoamento, à manutenção ou à competição. Neste ultimo caso, os interessados podem participar nos torneios da Federação Portuguesa de Ténis (F.P.T.) a nível nacional. Assim sendo, o C.T.O.H. tem organizado, todos os anos, diversos torneios para os diferentes escalões. Destacam-se torneios federados como o da Páscoa, Cidade de Oliveira do Hospital, Ulvária du Sprital, e outros inter-sócios para o circuito Ranking C.T.O.H., nomeadamente torneio da Primavera, Cravos em Abril, Maio em Flor, Open As Doceiras, Open Vila Franca da Beira, Open Quinta dos Areais e de Aniversário, provas pontuáveis para o torneio final de ano Masters C.T.O.H.. Nas camadas mais novas salientar ainda os torneios de Abertura, Benjamim – CIR (Mini-Ténis) da A.T.C., Férias e Aulas á Vista.

 

Atualmente, alguns atletas do clube, contam no seu palmarés com o titulo de Campeão Regional de

Veteranos e com posições no ranking nacional de entre os 100 primeiros, em diversos escalões da F.P.T..